segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Prioridade da urgência ou urgência da prioridade?


Prioridade e urgência são dois vocábulos que, nos tempos modernos, parecem apresentar a mesma conotação. Ainda que semanticamente sejam distintas, estas palavras, na prática, representam a mesma idéia: realizar, agora, o que deve ser feito. Todavia, por mais que não percebamos, muitos dos problemas e dificuldades enfrentados no dia a dia derivam de nossa má compreensão do abismo que separa estes termos.

O desenfreado ritmo pós-moderno nos leva a viver as vinte e quatro horas do dia com atividades que, outrora, eram feitas em quarenta e oito, setenta e duas ou mais horas. Se tivéssemos o direito de pedir ao Criador alguma mudança na ordem do universo, pediríamos por significativo aumento de horas naquilo que chamamos dia. Isto, dentre outros fatores, porque temos dificuldade de distinguir o prioritário do urgente.

Lexicamente, urgente é tudo aquilo que deve ser feito "para ontem", como costumamos afirmar. São as coisas que não podem ser adiadas, não necessariamente por uma questão de importância, mas por uma impossibilidade relacionada ao tempo. O urgente tem de ser feito, quer seja importante, quer não. Em contrapartida, o prioritário é tudo aquilo que deve ser feito não por causa da iminência do tempo, mas pelo grau de importância da atividade a ser realizada.

O grande problema dos nossos dias, conforme supramencionado, reside no fato de que, devido à tirania do tempo, o urgente passou a ser prioritário e este, por sua vez, perdeu sua identidade, tornando-se sinônimo daquele. A maior atenção, nesse sentido, não é dada ao mais importante, mas ao que tem prazo de validade prestes a vencer. Deixamos, por isso, de fazer coisas fundamentais, porque a urgência da prioridade foi substituída pela prioridade da urgência.

Ainda que não seja simples lutar contra a tirania do tempo e não nos conformarmos com este século, como cristãos fomos chamados para refletir sobre nossa realidade, mostrando os diferenciais da vida no reino de Deus àqueles que têm sido sufocados por este mundo. Fujamos da tentação de darmos prioridade àquilo que é urgente e encaremos como urgente as coisas prioritárias.

Nele, que sempre soube o que era prioritário, e a estas coisas deu urgência!

4 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessante e desafiador!

Anônimo disse...

Enjoying your blog, though the English translation is not always good.The tyranny of time how do you manage to battle it successfully? and keep your prioities on top? Thanks for these thoughts

caio disse...

esse post foi muito legal hein daniel. vale o pnesamento. abraços, caio.

caio disse...

ahhh, eu adicionei um link do seu blog no meu, tem como você adicionar um link do meu blog no seu? abraços, caio.