quinta-feira, 14 de maio de 2009

Sobre Cristo



Alguém disse que mesmo que ele não tivesse existido historicamente, o mundo teria uma dívida impagável com seus discípulos por criarem tão fascinante personagem. Eu concordo. Não apenas pelo que ele falou, mas pela forma como viveu. De discurso o mundo já estava cheio. Os gregos já tinham elaborado os melhores, com seus tratados filosóficos. Foi quando ele chegou com a vida. E bagunçou a cabeça de muita gente. É que ele vivia o que falava - e esse nunca foi o forte dos filhos de Adão. Não demorou muito para que Nazaré revolucionasse o mundo. E foi de tal forma que parece que ainda hoje ele caminha entre nós. Quer dizer... parece?

3 comentários:

Fabio disse...

Se houver uma comprovação de que Ele não existe, eu ainda vou continuar crendo!
Mais um excelente texto...vasolete!

Anônimo disse...

É verdade!
"Se houver uma comprovação de que Ele não existe, eu ainda vou continuar crendo!" [2]

Beijos de nós dois aqui,
Marina

leo268 disse...

ha, concordo com os posts acima!
nao da pra imaginar uma existencia sem Jesus