terça-feira, 19 de maio de 2009

Sobre a ressurreição

Nem os discípulos estavam acreditando muito naquela história. Não por não confiarem nas palavras de Jesus, mas porque aquilo era por demais estranho pra quem sabia que a morte encerrava qualquer jornada. Se eles, de fato, acreditassem, estariam celebrando, no domingo, com contagem regressiva. Dez, nove, oito... ressuscitou! Mas não foi isso que aconteceu. Os de Emaús voltaram decepcionados. Pedro e os filhos de Zebedeu até ensaiaram uma pesca no mar de Tiberíades - coisa que não faziam tinha um tempo. Eu entendo esse povo. Se eu, que nem estava lá, me surpreendo cada vez que leio essa história, que dirá aqueles homens que, tendo-o visto no madeiro, foram, depois, recebidos por ele na praia para um delicioso churrasco de peixe, como se nada tivesse acontecido! Tem coisa que só a ressurreição explica. Quer dizer, explica não... continua sendo um mistério! Mas parece um mistério tão natural, que é como se a gente convivesse com ela todo dia.

2 comentários:

Anônimo disse...

Gostei do "para refletir"!!!
Gostei muito!
bjs,
Marina

Fabio disse...

O melhor churrasqueiro de todos os tempos!