sexta-feira, 24 de julho de 2009

Sobre a dor

A única boa razão pra existência da dor é que ela nos alerta, indicando que algo está errado. Tirando isso, não há nada que me faça desejá-la. Tem vezes que a sentimos no corpo. Outras tantas, sentimo-na na alma - e essas são as piores. Já que não dá pra viver sem ela, o jeito é administrá-la. Hoje, por exemplo, minha dor é por saber que minha amada não está tão bem; e eu, infelizmente, estou longe dela. Mas eu sei que isso passa. Sim, passa. A dor não foi feita pra durar tanto. Por isso, Deus, obrigado!

2 comentários:

Anônimo disse...

É, isso aí, jovem e amado pastor!
A Bíblia sempre tem razão! Conforme
sua chamada ontem para o livro de
Eclesiastes, há tempo para tudo.
Ontem,dor e saudade da querida Denise. Hoje,passada a dor, alegram
-se juntos. E assim, é. O jeito é,
conforme você falou, ir administran
do-a com a ajuda de Deus que sabe o
momento certo de cessá-la. Hoje,
creio nisto, Ele ajudará a nós, fa
miliares, a administrar a dor da partida de vocês para a Escócia.
Mas, logo, logo, Ele nos trará a
alegria. Se filhos sonham, pais sonham juntos e alegram-se com sua
realização. No tempo certo, isso
ocorrerá. Até já! Com amor, papai
Valmy.

caioperes disse...

realmente o sofrimento não foi feito para durar muito tempo. na verdade o sofrimento não é normal não é mesmo? o normal é ter saúde e estar feliz. como viver o normal em mundo anormal é um mistério que nos intriga.