sexta-feira, 31 de julho de 2009

Sobre o novo

O novo nem sempre é bom. Bom que o meu tem sido! Mesmo sabendo que ainda há muitas novas imprevisíveis a caminho, as que até aqui chegaram nos têm causado alegria. Mas eu sei que há, também, novas que não são boas. Não quero, entretanto, me ater a elas no momento. Quero apenas aproveitar o bom novo que Deus me deu.

2 comentários:

Anônimo disse...

É isso, mesmo, Daniel. Aproveitando
o "bom novo" dado por Deus, acolham
estes versos de um hino para Coral,
adaptado a uma música da ópera Martha, de F.von Flotow. A letra é
da Siléa Stopatto:
"Já desponta um novo dia,
Eis que brilha um novo sol.
A minh`alma em Ti confia
E Espera em Ti, Senhor.
És a rocha em que me amparo,
És a luz a me guiar.
Já desponta um novo dia
Eis que brilha um novo sol".
Com carinho paternal, Valmy.

Daniel Guanaes disse...

Verdade, Pai. T amo