quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Sobre como amo a tecnologia

Parece que fiquei sem contato com o mundo. De sábado até hoje fiquei sem internet, telefone e televisão. É engraçado como coisas que foram consideradas obsoletas são, hoje, quase tidas como essenciais. Pelo menos - agora - as vejo dessa forma. Do outro lado do mundo, são essas ferramentas que me fazem ver quem amo, o lugar de onde saí, as pessoas que me conhecem como a si mesmas. Ficar sem elas, portanto, é um tremendo exercício de paciência e controle da saudade (que, por sinal, só aumenta).

Penso nos missionários que saíram há décadas, até mesmo séculos, mundo afora. Sobre o tempo que as cartas demoravam para chegar. Sobre como sua famílias esperavam ansiosas por cartas com assuntos que, ao serem lidos, já precisavam de atualização.

Por isso, dou graças a Deus pelo tempo que nasci. Sei dos muitos benefícios de outrora. Mas não sou daqueles que insistem em achar que o "antes" era melhor do que o "agora". Costumo não concordar com o discurso "no tempo dos meus pais as coisas eram diferentes". Aprecio o deles, mas nasci para viver o meu.

E no meu tempo, a tecnologia é um dos benefícios. Por isso, hoje, em minhas orações, agradeci a Deus por ter - novamente - minha internet, telefone e televisão. São 23:15, e ainda estou mostrando minha casa pros amigos no skype, conversando de graça, e lendo as notícias do meu Brasil - como se aí estivesse.

Sim, Deus; Muito obrigado. Como eu amo a tecnologia!

4 comentários:

Lucia disse...

Dani,a casa de voces e simplesmente linda,como foi bom ver, tudo o que o Senhor preparou e esta preparando pra voces ai.Ele e perfeito e nunca desampara os seus. Pedro mata a saudade sempre cantando pra voce,que amor!!Amamos Voces!!bjos com sdes, Lucia Murilo e Pedro

Anônimo disse...

Muita saudade!!! Muita muita!
Não vou perder as esperanças de ter vcs dois aqui qd Bia nascer...
Sei que é bem difícil, mas quem sabe, né?
E se não der, vai ser graças a tecnologia que ela vai conhecer os tios tão amados quase que na mesma hora em que vai conhecer o resto da família que vai estar aqui tão pertinho!
Amamos muito vocês!
Marina e Bibi

Rachel disse...

Daniel, achei o seu blog no blog da Iana e te confesso: Muito me surpreendeu a qualidade do que escreves.
Espero que assim como eu, outros curiosos se deparem com tamanha sensatez e precisão, em tempos de evangelho (infelizmente) "corrompido".

Tenho um blog só dedicado a palavras de amor e incentivo aos jovens cristãos. Se você puder, dê uma passadinha por lá e diga o que achou.

Se chama "Válvula de Ecape".

Em Cristo,

Raquel Campelo.

Daniel Guanaes disse...

Lúcia: Gostou da casa, né! tem um quarto aqui p vcs, hein!

Marina e Bia: Caraca, estar aí em Janeiro!!! Muita fé, hein! Mas Deus é Deus, né. Faz milagre até na vida de presbiteriano! rs. Amamos vcs tm! E estamos morrendo de saudadessss.

Rachel: Belas palavras. Obrigado mesmo! Seja muito bem vinda a este espaço, e comente quantas vezes quiser. Pode até divulgar lá no blog da Iana (que é muito mais popular do que o meu. rs). Fique com Deus