quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Alguém me explica?

Alguém me explica por que a igreja está quase sempre séculos atrás do tempo em que vive? É impressionante perceber como boa parte das atividades religiosas protestantes do século XXI ainda se assemelham com as mesmas realizadas nos tempos da Reforma. Mais impressionante ainda é repararmos como tem gente que se orgulha de ter um culto igual ao de Calvino, Lutero, e cia.
Também me orgulho por muito do legado deixado pelos reformadores. Suas contribuições são impagáveis. Ainda assim, não penso que devamos fazer exatamente o que faziam. Uma razão? Estamos cinco séculos depois deles.
Não estou sugerindo mudança no conteúdo da mensagem. Estou apenas pontuando o clamor do mundo pela mudança no formato. É surreal não percebermos o por que de os não-cristãos acharem o cristianismo OBSOLETO. É evidente que não se referem à mensagem, posto que louco seriam se considerassem a mensagem de Cristo irrelevante. Referem-se à forma através da qual a mensagem é entregue.
Se tão somente mudássemos o recipiente... Se fôssemos só um pouco como Paulo diante dos atenienses... Se entendêssemos que não tomar a forma deste século nada tem a ver com agarrar-se à forma daquele... Se...
Como eu sei que a história não é feita de "se", sugiro que repensemos nossa forma de ser igreja. De outra forma, continuaremos a ser, para o mundo, o cúmulo da incoerência; aqueles que conseguiram transformar em irrelevante a mensagem mais relevante da história.

6 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, tá certíssimo!!!!!!!!
"Se entendêssemos que não tomar a forma deste século nada tem a ver como agarrar-se à forma daquele... Se..."!!!!

beijos,
Marina

Gabi disse...

Nossa! Perfeito o texto!
A gente já conversava sobre isso com as mocidades aqui em Nikiti há uns 8 anos!
É impressionante como essas coisas mudam devagar, e a forma descontextualizada acaba afastando as pessoas do verdadeiro conteúdo!
Bjs!

Daniel Guanaes disse...

Marina e Gabi: Esse é o nosso desafio, né! Eu estou trabalhando forte pra tentar mostrar isso aqui.
beijos p vcs!

Anônimo disse...

Daniel,acho você tão inteligente! Está muito bem colocado o seu artigo. Vovó.

Luciano Ximenes disse...

Viver de acordo com as tradições dos reformadores é muito mais "confortável" e "seguro" para as pessoas, pois não existe a responsabilidade de refletir e nem correm o risco de errar. Para buscar essa nova perspectiva da vida e culto cristão é necessário buscar uma vida profunca com Deus e ter um coração plenamente de servo do Senhor Jesus Cristo, como foram os reformadores. É muito mais fácil apenas copiar as tradições e costumes dos reformadores do que buscar uma vida intima e profunda com Deus. Qeu o nosso Senhor levante homens e mulheres de Deus que aceitem esse desafio na nossa geração!
Abraços Daniel!
Ótimo texto!
Rev. Luciano Ximenes

Daniel Guanaes disse...

Vó: Você na internet??? rsrs. Uau, que tecnológica, hein! Essa inteliência é sua. rsrsrs Te amo. Bjo

Luciano: Saudades, meu amigo. Bom saber que vc navega por aqui. Concordo com você 100%. Lembra de mim qdo for presidente do supremo, hein!