quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

O nome de Jesus e a vergonha nacional

Mais um escândalo evangélico. Bom era o tempo quando o evangelho escandalizava. Hoje, pseudo-portadores da mensagem de Cristo se incumbem dessa tarefa. Ninguém está isento de envergonhar o nome de Cristo, é verdade, já que nessa vida erros são tão inevitáveis quanto acertos. Agora, maligna e descaradamente usar o nome do Nazareno para adquirir bençãos do alto é falta de vergonha na cara! Pior do que isso, é um atestado de ignorância!
Eu estaria rindo, não fosse trágica a situação. A ignorância desses lobos em pele de cordeiro é tão grande que eles acham que o nome de Jesus funciona como um amuleto mágico capaz de atrair o favor do Criador. É verdade; eles jogam o caráter pro alto, invocam o nome de Cristo e acham que um "em nome de Jesus; amém!" cobre a podridão de suas intenções.
Ignorantes! Não há outra palavra. Ignoram o verdadeiro sentido das Escrituras. Não conseguem compreendê-la, visto que para tal é necessário nascer de novo. Invocam um Cristo que não conhecem e, pior, que a despeito de tê-los criado, nunca os conheceu. Oram em nome do mesmo barJesus repreendido pelos apóstolos. Servem às trevas, mesmo citando o nome da Luz.
Em se tratando do evangelho, por estes homens eu não sinto vergonha; nenhuma. Não há porque; não representam o povo do qual faço parte. Tenho vergonha como cidadão da nação que representam. Isso me entristece. Porque o Cristo que eu sirvo, eles nunca representaram; mas do Brasil onde meu coraçao vive, lamentavelmente, eles carregam o nome. E isso dói.

3 comentários:

Anônimo disse...

Maravilhoso!
Exatamente a mesma coisa que eu penso!
bjs,
Marina

Anônimo disse...

O que estranho, uma vez conhecido o escândalo, é a quase total ausência de manifestação pública de
repúdio, principalmente por parte dos que se dizem evangélicos, integrantes ou não dos poderes constituídos. Bom e oportuníssimo o texto, merecedor de reflexão e ação. Valmy.

Maya Felix disse...

Irmão,

Lamentável, isso nos envergonha a todos. Você tem toda razão. Gostaria de parabenizá-lo pelo blog, de conteúdo inteligente e bem escrito. Convido o irmão para conhecer meu blog, também, e proponho uma saudável troca de links, para divulgação.

Um abraço, paz,

Maya

:)