terça-feira, 15 de junho de 2010

No ritmo dos que se cansaram dos cansados

Os erros e escândalos da igreja de Cristo têm gerado um grupo de manifestantes, de diversas vertentes, que tem em comum o grito: 'estou cansado!' São homens e mulheres que, por razões que julgam convenientes, revelam sua não conivência com determinados acontecimentos no movimento evangélico brasileiro.

Não sendo cego à realidade que me cerca, sei exatamente o que acontece no evangelicalismo tupiniquim. Também fico indignado ao contemplar coisas que julgava impossíveis de acontecer - e que são feitas com a maior naturalidade. Escândalos, má fé, oportunismo e falta de vergonha na cara deixam qualquer um cansado mesmo.

O que não consigo entender é a 'jogada da toalha' de muitos que criticam todas estas coisas. Cansados, abandonam a luta, mas se dão o direito de continuar a esmagar a cana quebrada e a apagar o pavio que fumega. Se cansam 'de fora', visto que não mais se consideram 'de dentro'. E nunca deixam de se cansar.

Como disse antes, cansar-se dos absurdos é louvável. Todavia, é necessário se cansar 'de dentro'. Cansar e permanecer. Por que de que outra forma haverá esperança para mudança, se todos os que se cansam abandonam o barco? Como haverá melhora na igreja, se os que a compõem desistem dela?

Deus não desiste da igreja, por mais suja que seja. Tampouco desiste dos cansados, por mais fatigados que estejam. Àquela, oferece constante purificação pelo seu sangue; a estes, oferece renovo de suas forças. Os escândalos não começaram agora; e infelizmente não cessarão até que Cristo volte. A nós, por isso, resta lutarmos de dentro, honrando o povo no qual fomos incluídos, e o nome pelo qual somos chamados.

2 comentários:

dinda disse...

Uma verdade absoluta lembrada muito bem no seu texto é que escândalos sempre existiram, desde o tempo de Jesus. Então, por que desistir da igreja por causa de seus membros? A fé pregada pela maioria hoje é uma fé individual, válida, mas não única, já que Jesus nos ensinou a fé comunitária, posto ser a Igreja o seu corpo e onde dois ou três estiverema reunidos "em meu nome, eu estarei no meio deles".
Não podemos mudar o mundo se permitirmos que os escândalos vençam a nossa fé. Fiquemos firmes. Estou morrendo de saudade de você e da Denise. Até breve. Dinda

Fabio Barbi disse...

É mano vc é o cara.
Mais um excelente texto!!!!
Saudades
Até daqui a pouco!!!